Saiba o que é Inteligência Artificial na íntegra

Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial, também conhecida como IA e ainda mais famosa como AI (Artificial Intelligence), é um sistema tecnológico avançado que simula a capacidade de inteligência humana. Neste tipo de tecnologia, o modelo de processamento e programação da IA vão além das ordens específicas e mediante a padrões estabelecidos na criação, que permitem à máquina assimilar novos padrões de forma autônoma. Trata-se de uma inteligência capaz de aprender e ensinar.

Se você ficou interessado sobre esse assunto que já está em pauta há algumas décadas e deseja saber mais como está a Inteligência Artificial nos dias atuais, veja este conteúdo completo até o final. Veja também como surgiu a Inteligência Artificial, como essa tecnologia funciona, quais os principais benefícios da IA e veja exemplos de aplicação. Saiba também quais são os tipos de Inteligência Artificial e como aplicar Inteligência Artificial nas empresas.

Este artigo contém:

O que é Inteligência Artificial (IA)?

De uma forma mais simples e direta, podemos definir Inteligência Artificial como a capacidade de uma máquina pensar. Comparado ao jeito humano de pensar e tomar decisões, os cientistas vêm trabalhando há décadas para criar um sistema computacional semelhante. Assim, uma IA possui a capacidade de tomar decisões, de aprender, evoluir, ensinar e de interagir com outras máquinas, como em IoT, revelando caminhos que ela definiu após ter sido criada.

Como surgiu a Inteligência Artificial?

surgimento da inteligência artificial

Veja quando foi criado o conceito de Inteligência Artificial e como ele se desenvolveu!

O uso do termo Inteligência Artificial foi citado pela primeira vez em 1956 e desde então, é um assunto amplamente explorado por especialistas. Mas, antes disso, em 1943, Walter Pitts e Warren McCulloch publicaram um artigo científico sobre redes neurais. Voltando ainda mais, em 1920, a conceituação de IA já era algo em voga na sociedade da época.

Claro que em todos os casos, a ciência não tinha bagagem para tratar do assunto como possui hoje. Assim, quem deu o primeiro passo para essa visão bem difundida foi o escritor e roteirista Karel Čapek, escritor tcheco responsável pela peça R.U.R (Rosumovi Univerzální Roboti), ou (“Robôs Universais Rossum”), em 1920.

Desde Karel, o termo “Robô” passou a ser bastante associado à “máquina humanoide inteligente”. Outro grande passo foi dado pela indústria cinematográfica, que em 1927 lançou um dos grandes clássicos do cinema, “Metrópolis”. No filme “Metrópolis” há a presença de um robô humanoide, que também passou a associar outro termo a Robô: androide.

O modelo pensante de máquina que a ciência atingiu hoje ainda era algo além das expectativas da época. Mas, nunca deixou de ser algo possível de ser alcançado na ficção. Diversos autores e roteiristas exploram a máquina pensante há muito tempo.

A ideia de robô inteligente humanoide sempre foi amplamente um tema que cativou o público por gerações.

Atualmente, já há grandes indícios de que essa tecnologia tão robusta foi criada e está sendo utilizada por você neste momento. A IA por meio de robôs humanoides inteligentes também já é uma realidade nos laboratórios e eventos tecnológicos, mas ainda não chegou ao mercado definitivamente como outros modelos de IA já chegaram, como o Google, a Alexa e outros assistentes virtuais tão usados e bem difundidos. Neste artigo você encontra mais exemplos sobre os tipos de IA, mas, antes, vamos entender como a IA funciona!

Leia também – O que é conteinerização e como usufruir disso!

Como a Inteligência Artificial funciona?

funcionamento da Inteligência Artificial funciona

Veja sobre os mecanismos e estruturas que devem existir para sustentar a IA!

A Inteligência Artificial funciona baseada em combinações de dados reunidos em grande volume. Com base em uma grande gama de dados analisados e em um volume amplo de dados não analisados, é possível que um dos pilares da IA sejam explorados. É por meio deste importantíssimo pilar que informações novas e novos padrões podem ser analisados, comparados com padrões antigos e um comportamento novo da máquina pode surgir a partir disso.

Assim, a necessidade da IA é de possuir um banco de dados bastante amplo e constantemente abastecido com novos dados. De modo geral, os pilares que firmam a estrutura da IA e permitem seu bom funcionamento são:

  • Big Data – Grandes volumes de dados coletados e armazenados são constantemente encontrados em uma Big Data;
  • Dados Estruturados – Trata-se de uma forma de analisar, categorizar e processar os dados;
  • Poder de Processamento – Para que os dados sejam analisados, distinguidos de formas diferentes e analisados em detalhes, é preciso que exista um poder de processamento robusto para lidar com um grande volume de dados a ser analisado em questão de segundos ou milissegundos. Uma combinação de tecnologias de ponta oferece à máquina um poder de raciocínio lógico elevado.

Quais são os principais benefícios da Inteligência Artificial?

Há muitos benefícios e vantagens em se utilizar a Inteligência Artificial, principalmente no âmbito dos negócios. Veja a seguir quais são as vantagens de recorrer à IA:

  • Tomada de decisões mais confiáveis – Ao contar com uma tecnologia de ponta agindo a favor da empresa, a tomada de decisões é mais confiável, pois é baseada em dados e lógica computacional. Assim, lidar com dados confusos, complexos e fragmentados de forma eficiente, ajuda a estabelecer estratégias confiáveis;
  • Escalabilidade – Uma IA é baseada em algoritmos que podem indicar mudança de estratégia conforme o mercado, a demanda e todos os fatores de impacto para o negócio. De forma a replicar os processos mais importantes por conta de análises realizadas diversas vezes, o fluxo de trabalho recebe uma atenção especial constante, garantindo sua escalabilidade dentro da empresa;
  • Redução de falhas – A Inteligência Artificial é um sistema computadorizado eficiente, de ponta e capaz de eliminar falhas que outros sistemas estariam sujeitos. Um dos maiores causadores de falha em um negócio é o fator humano com suas decisões precipitadas, negligência e desconhecimento. A IA vem para ajudar o empresário, gestores e toda a equipe de colaboradores neste ínterim de progresso, evolução e bons resultados;
  • Redução de custos – É possível poupar custos com uma IA agindo a seu favor, pois ela dá conta de analisar dados e tomar decisões que gestores deixariam de tomar. Ao melhorar a tomada de decisão, monitoramento e avaliação das estratégias, é possível economizar com erros, desperdícios e lucrar mais com os acertos. Além de tudo isso, implantar IA não requer um gasto elevado, e ela pode reduzir custos em outros setores.

Veja também – Saiba o que são cidades inteligentes e onde estão!

Exemplos de aplicação da Inteligência Artificial

Exemplos de aplicação da Inteligência Artificial

Saiba como as indústrias se apoiam na IA para criar produtos e oferecer serviços!

A Inteligência Artificial é aplicada em diversas áreas da sociedade, segmentos e indústrias. Dentre as aplicações mais recorrentes e palpáveis, você vê a IA na:

  • Internet – A Inteligência Artificial está presente na internet, pois é amplamente explorada pelo Google e por outros mecanismos de buscas. Em seu smartphone, tablet ou computador, é possível interagir com as IAs que cuidam da pesquisa dos usuários. Hoje, essa inteligência está mais aprimorada, pois, além de conseguir pesquisar elementos escritos e símbolos, também consegue pesquisar a partir da linguagem fonética e imagens;
  • Redes sociais – Assim como a tecnologia utilizada no Google, as redes sociais também utilizam IA para oferecer serviços de pesquisa, tradução, e possibilitar uma linguagem interativa e robusta entre humano e máquina;
  • Sites de vendas – Os sites de vendas ou e-commerce, utilizam IA para agir com a melhor estratégia para conquistar os consumidores. Assim, é possível fazer recomendações de produtos personalizadas com base nas pesquisas do usuário, utilizar sistemas de atendimentos automatizados baseados em PLN (Processamento de Linguagem Natural), além de realizar vendas automaticamente conforme mais sistemas automatizados são habilitados;
  • Na indústria – Em diversas indústrias, o uso de IA para o desenvolvimento de produtos e também incluídas em seus produtos é essencial. Um bom exemplo é o das montadoras de veículos, que utilizam há décadas as tecnologias de automação de ponta disponíveis. Muitos veículos possuem sistemas automatizados que contam com IA.
  • Empresas de streaming – Empresas como a Netflix, Amazon, o Google com o YouTube e outras, se baseiam em algoritmos e IA para oferecer um serviço de streaming inteligente, aperfeiçoado e interativo. Trata-se de plataformas bem-sucedidas e que permitem a interação com o usuário analisando seus gostos, suas pesquisas e oferecendo recomendações personalizadas.

Quais são os tipos de Inteligência Artificial?

Inteligencia Artificial quais os tipos

Veja os tipos de IA e como elas são classificadas de forma técnica!

Atualmente, há 4 tipos de Inteligência Artificial e 3 tipos de classificação técnica para todas, sendo elas:

  1. IA de tecnologia reativa – Essa forma de IA é a mais antiga, pois não é estruturada em memória, mas em estímulos que permitem uma reação computacional;
  2. IA de memória – Esse modelo de IA consegue se basear em dados históricos disponíveis para agir atualmente;
  3. IA baseada em teoria da mente – Essa tecnologia de Inteligência Artificial ainda não foi concluída, mas já demonstra a possibilidade de ser finalizada;
  4. IA autoconsciente – Esse modelo de tecnologia é o que há de mais robusto e palpável até o momento, pois conta com uma IA capaz de compreender e expressar mais sobre a natureza humana.

Já as classificações técnicas sobre essa tecnologia são:

  1. ANI – Essa é uma sigla em inglês para designar Inteligência Artificial Estreita, e se trata de uma forma de IA que lida somente com uma tarefa específica por vez;
  2. AGI – Sigla para Inteligência Geral Artificial, uma forma de IA criada para compreender, evoluir, perceber, quem sabe até sentir, assim como os humanos fazem;
  3. ASI – Essa é a sigla para definir Superinteligência Artificial, capaz de replicar aspectos da inteligência humana, processamento extremamente rápido e capacidade de agir na tomada de decisões importantíssimas.

Inteligência Artificial nas empresas

Hoje, contar com um patamar de tecnologia elevado, como Inteligência Artificial, computação em nuvem, rede estruturada e automação de processos, além de outras tecnologias, é fundamental em muitos segmentos e setores da economia. Para trazer sua empresa para essa realidade, você conta com a UPGrade TI para te ajudar!

Especialista em levar tecnologia de ponta para as empresas de todos os setores e segmentos, a UPGrade TI é a principal fornecedora de tecnologia para empresas de fora e dentro do país. Veja como implantar AI e outras tecnologias importantes em sua empresa, que irão impulsionar seus negócios. Converse hoje mesmo com um especialista da UPGrade TI e veja como firmar essa parceria!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Inscreva-se para receber nossos conteúdos em primeira mão, diretamente em seu e-mail.

A Upgrade TI precisa das informações de contato que você nos fornece para comunicar informações sobre os conteúdos grátis. Você poderá deixar de receber essas notificações a qualquer momento.

Posts Recentes

Utilizamos Cookies em nosso site para você ter uma melhor experiência ao voltar a nos visitar. Clicando em “Aceito”, você concorda em salvar os Cookies no seu navegador.

Falar com Especialista
UPGrade TI - Suporte Técnico de TI
Olá 👋
Como podemos ajudá-lo?