Conheça a Internet das coisas (IoT) e como usufruir

Conheça a Internet das coisas (IoT) e como usufruir

A Internet das Coisas (IoT) é um termo que deriva do inglês “Internet of Things”, algo que já é interpretado como um conceito tecnológico palpável, possível de se concretizar cada vez mais. Neste conceito, que há pouco tempo era visto como futurista, todas as coisas do dia a dia estariam conectadas à internet. Hoje, existem casas inteligentes que conectam desde as lâmpadas e as persianas da janela, até o sistema de abastecimento de alimentos frescos da geladeira e controle de temperatura interna de toda a residência.

É possível integrar uma casa inteira e mantê-la conectada com a oferta tecnológica atual. O objetivo de tanta conectividade assim é a autonomia e interação dos objetos com as pessoas. A partir de um sistema de inteligência artificial, os eletrodomésticos e eletroeletrônicos da casa são ativados e desativados com comando de voz, por exemplo. A inteligência artificial responsável por comandar a casa integrada gera dados e relatórios que otimizam a preferência do morador e realiza tarefas de forma automatizada.

Isso permite que cada experiência seja personalizada de acordo com as preferências e pré-definições de cada proprietário. Em vista deste universo de possibilidades que se faz presente nesta década recente, preparamos um conteúdo interessante com muitas curiosidades sobre a Internet das Coisas (IoT). Saiba o que é IoT, como funciona, porque Internet das Coisas é importante, veja exemplos reais da sua aplicação, saiba sobre a segurança de utilizar esta tecnologia e como aplicar esta realidade em seus negócios.

Este artigo contém:

O que é Internet das Coisas (IoT)?

Internet das Coisas (IoT) é o conceito que define a interconexão digital de dispositivos e objetos do cotidiano, a internet. Trata-se da conexão dos objetos em um nível que supera a conexão das pessoas. Ou seja, é um sistema de integração de diversos dispositivos e equipamentos na internet para haver o máximo de autonomia e interatividade aos objetos com as pessoas. A IoT nada mais é do que uma enorme rede que conecta objetos (TV, videogame, máquina de lavar, torradeira elétrica, forno, cozinha…), e cada vez mais expande para o mundo além das residências.

Hoje, há integração de veículos 100% autônomos que conduzem passageiros com foco nas smart cities, “cidades inteligentes”. Essa realidade vai se tornando cada vez mais palpável e existem grandes expectativas para essa década. Quaisquer que sejam os objetos com capacidade computacional e conexão com a internet podem se juntar a essa rede. Em vista disso, as casas inteligentes estão sendo produzidas e personalizadas para cada vez mais atenderem as necessidades de seus moradores com autonomia e praticidade.

Esse conceito é abrangente e vai além do conforto de moradores de uma residência e se expande para o mundo comercial, para a indústria 4.0 e mundo acadêmico (escritórios, fábricas, hospitais…). A automação industrial utilizada para produzir eletrodomésticos e eletrônicos inteligentes é uma das formas de explorar essa possibilidade de integração das coisas. Mas, nem tudo são flores e ainda existem muitos desafios a serem superados, principalmente nos âmbitos técnico e ético.

Como é o funcionamento da IoT?

Entenda como é o funcionamento da IoT no dia a dia

A Internet das Coisas funciona por meio de conexão entre objetos e a internet, que permite que uma grande rede integrada ofereça autonomia ao funcionamento destes objetos. Para que isso seja possível, é necessário que uma inteligência artificial conduza alguns processos e viabilize a comunicação destes aparelhos com os seres humanos. Essa inteligência também é conhecida como sistema eficiente de identificação. 

Somente por meio de uma interligação de objetos a uma rede de dados própria é possível gerar essa interação com as pessoas no cotidiano. Com o uso de RFID (Radio-Frequency IDentification), “identificação por radiofrequência”, é possível usufruir dos recursos de IoT. O uso de sensores e métodos de detecção avançados também são necessários para o funcionamento dos equipamentos inteligentes.

As informações podem ser processadas em diferentes pontos e de forma simultânea, tornando-as ainda mais robustas com a inteligência artificial inerente associada ao processamento. Hoje, o uso de nanotecnologia agrega ainda mais as possibilidades de interação entre objetos e seres humanos por meio da IoT. Os produtos industriais serão entregues com mais integração à internet em um futuro não muito distante.

Por que a Internet das Coisas (IoT) é tão importante?

Veja porque a Internet das Coisas é tão importante para a revolução tecnológica atual.

Veja porque a Internet das Coisas é tão importante para a revolução tecnológica atual.

Ao longo dos últimos anos, a Internet das Coisas (IoT) já é vista como uma das tecnologias mais importantes da década. Não só desta década, mas por muitos especialistas, é um dos conceitos mais importantes do século XXI. Com a possibilidade de conectar cada vez mais os objetos e tornar o dia a dia das pessoas cada vez mais dinâmico, a segurança e a saúde podem ser beneficiadas. Imagina ter um sistema de monitoramento de sua saúde integrado a um serviço de emergência.

Com navegação rápida e arquivos com backup na nuvem, é possível gerar bancos de dados (big data) que podem ser utilizados para otimizar cada vez mais toda essa rede de interação entre humanos e objetos. A barreira entre o mundo físico e digital está cada vez menor. Isso pode agregar em muitos aspectos para a sobrevivência do ser humano ao longo das próximas décadas. A vida pode se tornar mais segura e prática com a Internet das Coisas no dia a dia das pessoas, plantas e animais. 

Veja também – Saiba o que é Gestão Eletrônica de Documentos (GED) e como utilizá-la em sua empresa

Internet das Coisas: exemplos reais

Ainda é comum associarmos a Internet das Coisas com aplicações futuras, além de nosso cenário tecnológico atual. Mas, essa tecnologia já existe, é explorada de diversas formas e já faz parte da sua realidade. Quando você usa uma smart TV e está monitorando seus sinais vitais por meio de um smartwatch, está usufruindo de tecnologia baseada em IoT. Os diversos dispositivos wearables (smartwatch e smartbands) são objetos explorados em nosso dia a dia.

Em uma casa, por exemplo, muitos aparelhos disponíveis no mercado atualmente oferecem interação com os moradores. Geladeiras inteligentes avisam aos moradores sobre o status de abastecimento de determinados alimentos, sobre a temperatura, e avisa sobre quaisquer variações. Uma fechadura inteligente é mais segura e pode evitar que um invasor consiga entrar sem ser notado. A lavadora lava e seca a roupa conforme sua programação e tudo pode ser controlado pelos moradores com um smartphone, por exemplo.

Segurança e riscos na Internet das Coisas

Saiba mais sobre a segurança e riscos da Internet das Coisas para as pessoas e colaboradores das empresas.

Saiba mais sobre a segurança e riscos da Internet das Coisas para as pessoas e colaboradores das empresas.

Existem riscos associados ao uso de Internet das Coisas, como o de um veículo autônomo sem condutor colidir com outro veículo por conta de um erro de processamento. É por isso que ainda há uma grande discussão sobre até onde o uso desta tecnologia é segura para as pessoas. Imagine só se o sistema de segurança de uma casa inteligente é hackeado. Ou se o termostato sofre uma falha grave de sensores e desregula a temperatura de forma radical. 

Mas, na maioria dos casos é possível tomar medidas que viabilizem o uso da tecnologia além dos riscos. Antes de um objeto inteligente ir para o mercado, é fundamental que todos os aspectos de segurança sejam testados e aprovados para a interação com humanos. Você não vai querer viver em uma casa onde uma falha de sistema operacional pode colocar sua vida em risco, não é mesmo? 

Imagine uma empresa onde as máquinas são automatizadas, o quanto um equipamento com problemas pode colocar um trabalhador em risco. Por isso, não é nada trivial o teste e toda a tarefa de fazer a Internet das Coisas estar presente mais e mais em nosso dia a dia.

Veja também – Entenda o que é Engenharia Social e como se proteger

Quais tecnologias tornaram a IoT possível?

A tecnologia 5G é uma das que possibilita a expansão da IoT entre usuários comuns e na indústria. Por meio de uma troca de dados com mais volume e rapidez, é possível viabilizar o uso de tecnologias, como os veículos autônomos, por exemplo. Existe um conjunto de tecnologias e fatores que possibilitam a IoT existir, como a própria internet, sensores e controladores. Além disso, há componentes específicos que viabilizam os objetos interativos, como processadores específicos e o uso da inteligência artificial, como a Alexa e o Google, por exemplo.

IoT e Edge Computing

A computação de borda, mais conhecida como Edge Computing, é um conceito que pode agregar ainda mais ao IoT. Trata-se de um modelo de processamento e armazenamento de dados nos próprios objetos onde os dados são gerados. O compartilhamento destes dados eleva o tempo de respostas da interação do objeto com o ser humano e isso reflete de forma positiva em toda a rede. 

Principais setores beneficiados pela Internet das Coisas

Conheça alguns dos principais setores beneficiados pela internet das coisas

Conheça alguns dos principais setores beneficiados pela internet das coisas!

O uso da IoT vai além do dia a dia das pessoas comuns e também proporciona ao empresário moderno muitas possibilidades de otimizar seu modelo de negócio. Hoje, há uma diversidade de produtos inteligentes para escritórios que facilitam e otimizam a vida dos colaboradores. Desde um termostato ajustável por inteligência inerente até detectores de fumaça que emitem um alerta às autoridades, são produtos que já estão disponíveis no mercado atualmente.

A agricultura é um dos setores da economia que mais vem explorando o uso de inteligência artificial e Internet das Coisas (IoT). Essa tecnologia é importantíssima para o monitoramento de grandes lavouras, por isso a agricultura tem recorrido a equipamentos robustos de medição de umidade do solo, da atmosfera, das condições do solo para o plantio e das plantas. Com sistemas de irrigação autônomo e até de colheita, as grandes lavouras conseguem automatizar grande parte da produção de alimentos de algumas culturas muito demandadas.

De modo geral, as fábricas podem ter medições em tempo real da produção, enquanto as lojas inteligentes possuem um estoque que avisa sobre a necessidade de comprar um determinado produto. O transporte público já é um dos setores que mais usam essa tecnologia e permite que um usuário acompanhe a localização em tempo real de um ônibus. A logística e os serviços de segurança pública estão cada vez mais se rendendo ao poder do IoT.

Conclusão

Neste conteúdo vimos o que é Internet das Coisas (IoT) e o quanto isso vem se tornando mais importante para as pessoas. Também vimos o quanto a IoT é importante para o comércio, logística e para diversos setores da economia. Sabendo de tudo isso, veja como agregar um sistema personalizado de IoT em seu negócio com a ajuda da UPGrade TI

Somos uma empresa especializada em oferecer suporte tecnológico e gestão para sua empresa crescer nos negócios. A UPGrade TI oferece Suporte Técnico, Gerenciamento de Servidores, Segurança da Informação, Wireless Corporativo, Rede Estruturada, Backup na Nuvem e toda a orientação para a implantação de IoT em sua empresa. Para saber mais sobre como usufruir do suporte oferecido pela UPGrade TI, entre em contato com um especialista para mais informações. 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Inscreva-se para receber nossos conteúdos em primeira mão, diretamente em seu e-mail.

A Upgrade TI precisa das informações de contato que você nos fornece para comunicar informações sobre os conteúdos grátis. Você poderá deixar de receber essas notificações a qualquer momento.

Posts Recentes

Utilizamos Cookies em nosso site para você ter uma melhor experiência ao voltar a nos visitar. Clicando em “Aceito”, você concorda em salvar os Cookies no seu navegador.

Falar com Especialista
UPGrade TI - Suporte Técnico de TI
Olá 👋
Como podemos ajudá-lo?