Saiba o que é Máquina Virtual e como funciona!

maquina virtual

Uma máquina virtual, denominada também de guest ou virtual machine (VM), é uma máquina baseada em software. Ou seja, a partir de um ambiente de processamento já existente, se cria uma máquina virtual. O hardware utilizado pela máquina virtual é chamado de host e pode suportar mais de uma máquina virtual simultaneamente conforme o poder de processamento.

Essa é uma solução para quem deseja obter um equipamento dedicado e com alto poder de processamento, mas não deseja adquirir todo o equipamento e o ter instalado nas dependências da empresa. Então, a máquina virtual se torna uma solução rápida e viável.

Para entender melhor como tudo isso funciona, acompanhe este conteúdo até o final e saiba em detalhes o que é uma máquina virtual, como utilizá-la e quais são os benefícios de optar por este recurso tecnológico em sua empresa.

Este artigo contém:

O que é uma máquina virtual – VM?

Por definição, uma máquina virtual é um computador baseado em software que funciona como um computador físico. Da mesma forma que uma pessoa utiliza um computador físico para executar aplicações e obter soluções, a máquina virtual faz isso. No entanto, uma máquina virtual se comporta como um sistema computacional dedicado e separado dentro de um hardware.

Para que a explicação fique mais simples, imagine que uma máquina virtual é um sistema operacional dentro de um hardware. Bom, a explicação é para simplificar, mas entenda que a complexidade da máquina virtual vai além de somente ter um sistema operacional instalado em um hardware, pois o próprio hardware é dividido para atender essa e outras máquinas virtuais de forma separada.

Bom, trata-se de um computador baseado somente em software. Não que o hardware deixe de existir, claro que não! Sem o hardware essa máquina não existiria. Mas, o que acontece é que o poder de processamento e memória de uma máquina virtual é baseada em um software que possibilita extrair isso de um hardware específico. Por exemplo, uma máquina virtual em um computador pode ter o sistema operacional Windows e rodar com pouco poder de processamento, enquanto outra VM no mesmo hardware funciona com Linux e alto poder de processamento.

Leia também – Entenda o que é Governança de TI e porquê ter uma!

Para que serve uma máquina virtual?

para que serve uma máquina virtual

Descubra para que serve uma máquina virtual e como usufruir de seus recursos!

Uma máquina virtual serve para executar tarefas específicas de segurança e execução ininterrupta, por exemplo. Devido ao fato de que uma máquina virtual não pode alterar o computador host, ela se torna uma ótima alternativa para acessar dados infectados e realizar testes com varreduras em sistemas operacionais. Neste caso, a VM é separada do hardware pelo sandbox e isso garante a integridade do hardware e de todas as outras repartições e máquinas virtuais em operação.

A virtualização faz otimizar grandes demandas de trabalho consolidadas, garantindo uma grande eficiência. Optar por uma máquina virtual pode reduzir de forma significativa as despesas com TI (Tecnologia da Informação). A VM também serve para a equipe de TI implantar novos sistemas operacionais e realizar testes de produção em um ambiente DevTest. Gerenciar ativos simples em uma VM é algo que pode ser explorado por diversas empresas.

Como funciona uma máquina virtual?

Uma VM é baseada em um host que emula uma ou várias máquinas físicas em ambientes virtuais de forma simultânea. Cada máquina virtual trabalha com seu próprio sistema operacional, poder de processamento e núcleos, assim como memória, rede e poder de armazenamento. A virtualização funciona com um hipervisor, capaz de manter uma ou mais máquinas virtuais em funcionamento enquanto o computador host se mantém em atividade.

Você pode entender o hipervisor como camadas de softwares que possibilitam a execução das máquinas em simultâneo. Desta forma, a distribuição dos recursos físicos para cada uma das máquinas virtuais em um mesmo host acontece. Por exemplo, com um VirtualBox, VMware, Microsoft Hyper-V ou vSphere, é possível implantar mais de um sistema de forma rápida.

Quando uma máquina virtual recebe instruções do usuário para executar uma aplicação que necessita de mais recursos, é possível que o usuário tenha acesso ao pool de recursos físicos do hardware e assim poder designar aproximada ou exatamente o poder de processamento para uma ou outra máquina em específico. Neste ínterim de controle e distribuição de recursos, saiba que há duas categorias de hipervisores:

Bare-metal

No hipervisor bare-metal os recursos físicos (memória, processamento, rede, núcleo…) de uma VM são determinados diretamente no hipervisor. Um exemplo deste tipo de hipervisor é o KVM, incorporado em 2007 ao kernel do Linux.

Hosted

No tipo hosted, os recursos que serão usufruídos pela VM são programados diretamente em um hosted, executado no computador físico (hardware). Um exemplo deste tipo de hipervisor é o VMware, Oracle e Workstation.

Leia tambémO que é Pentest e para que serve? Descubra agora!

Quais são os benefícios do uso de máquina virtual?

benefícios do uso da maquina virtual

Veja quais são os benefícios do uso de máquina virtual, vantagens e desvantagens!

Os benefícios são muitos em optar por uma máquina virtual em sua empresa. As VMs necessitam de menos servidores físicos e pouco ou nenhum espaço para esta implementação. São de excelente gerenciamento e economizam tempo e dinheiro ao empresário. Conseguem provisionar aproximadamente recursos a uma ou mais máquinas virtuais simultaneamente com apenas alguns cliques.

Se uma máquina virtual está inativa por um determinado tempo, é possível migrar seus recursos para outra VM e ampliar seu desempenho nas demandas executadas, tudo isso sem a necessidade de intervir fisicamente no hardware. O consumo de energia é reduzido consideravelmente quando a empresa recorre ao uso de VMs, sendo essa uma solução ecológica.

Se um aplicativo legado necessita ser executado por uma VM, é possível fazer isso sem a necessidade de migrar todo o sistema da empresa para um novo sistema operacional, bastando que uma máquina virtual execute tal aplicação.

Devido ao envelhecimento do hardware e da necessidade de mais poder de processamento por conta de aplicações mais sofisticadas, a virtualização permite que a atualização de hardware ocorra em parceria com outras empresas sem a necessidade de modificar os terminais e servidores físicos da empresa. Por mais que os hardwares da empresa estejam obsoletos, a execução das aplicações mais exigentes podem ocorrer em VMs dedicadas e descentralizadas.

Uma máquina virtual eficiente é aquela que pode ser deslocada entre outros computadores físicos conectados em rede. O ambiente em nuvem é excelente para esse tipo de execução e permite uma resposta rápida ao empresário que precisa de recursos de informática, mas que não pretende obter novas instalações, hardwares e profissionais para administrar tudo isso.

Há muitas vantagens e benefícios em recorrer a uma máquina virtual em sua empresa, por conta de poder ser executadas várias máquinas em um só hardware. Mas também há desvantagens que devem ser consideradas. A seguir, veja algumas das vantagens e desvantagens de optar por máquina virtual como opção rápida:

Leia também – O que é ITSM e como esse modelo de processo pode ajudar sua empresa

Vantagens de uma VM

  • Uma VM fornece parâmetros específicos para a utilização de aplicativos também específicos, permitindo ganho de tempo e resultados;
  • Por meio da VM é possível realizar um gerenciamento simples e distribuição de recursos sem a necessidade de intervir fisicamente no hardware;
  • É possível ter diversos ambientes virtuais instalados e operantes em um único hardware;
  • Verificações de segurança, como infecções e violações, podem ser executadas em uma VM sem que o vírus afete o sistema principal;
  • Se você precisa agora de um computador com alto poder de processamento para realizar uma tarefa específica por alguns dias, recorra à Cloud Computing em vez de adquirir um computador caríssimo só para isso, sendo essa uma das maiores vantagens da VM.

Desvantagem de uma VM

  • Por permitir que várias máquinas virtuais operem simultaneamente, há a ocorrência de instabilidade e déficit no desempenho. Porém, o dimensionamento correto dos recursos distribuídos a cada máquina virtual evita este problema;
  • Se comparar as mesmas configurações de recursos utilizadas por uma VM e por um computador físico, percebe-se que a máquina virtual sofre um déficit de desempenho em relação ao computador físico por conta dos caminhos percorridos entre o comando e a execução. Isso pode ser observado em Cloud Computing, por exemplo.

Quais os tipos de máquinas virtuais?

Existem três categorias de máquinas virtuais:

Guest System

O guest system é baseado em um monitor de controle que permite observar sessões baseadas no mesmo sistema operacional ativo.

Host System

No host system um sistema operacional anfitrião permite que outro sistema operacional seja instalado, mas tudo ainda passa pelo monitor.

Sistema Convidado

Neste modelo de MV guest system e o host system são funcionais em simultâneo. Isso permite que um ou outro sistema virtual possa ser acessado sem a necessidade de passar pelo monitor principal.

Quais são os principais usos de uma Máquina Virtual?

quais os principais usos de uma maquina virtual

Veja alguns dos principais usos de uma máquina virtual que podem agregar a sua empresa!

Os principais usos de uma VM são:

  • Elevar o poder de processamento e armazenamento para aplicações exclusivas;
  • Permitir que uma aplicação seja mantida em atividade 24×7 com total segurança;
  • Realizar operações de qualquer terminal ao ter acesso a virtual machine por meio da rede;
  • Realizar teste de segurança de um sistema ou aplicação que possa estar contaminada sem pôr em risco a integridade do hardware.

É possível manter dois sistemas operacionais ativos em diferentes VMs?

É possível manter dois sistemas operacionais ativos em diferentes VMs e até três ou mais sistemas. Tudo vai depender do dimensionamento de recursos oferecidos pelo hardware e da necessidade de execução de um, dois ou mais sistemas operacionais. Para saber mais sobre as necessidades de sua empresa e receber orientações para um planejamento estratégico de tecnologia, recursos e aplicações para o crescimento de sua empresa, recorra a uma análise completa junto a UPGrade TI.

A UPGrade é especializada em Suporte Técnico de TI, em Gerenciamento de Servidores, Segurança da Informática, em Rede Estruturada, Wireless Corporativo e Backup na Nuvem. Para uma opinião profissional sobre dimensionamento de recursos de Máquina Virtual em sua empresa, entre em contato com um de nossos especialistas para mais informações.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Inscreva-se para receber nossos conteúdos em primeira mão, diretamente em seu e-mail.

A Upgrade TI precisa das informações de contato que você nos fornece para comunicar informações sobre os conteúdos grátis. Você poderá deixar de receber essas notificações a qualquer momento.

Posts Recentes

Utilizamos Cookies em nosso site para você ter uma melhor experiência ao voltar a nos visitar. Clicando em “Aceito”, você concorda em salvar os Cookies no seu navegador.

Falar com Especialista
UPGrade TI - Suporte Técnico de TI
Olá 👋
Como podemos ajudá-lo?